Sniper: Ghost Warrior

229

Sniper: Ghost Warrior é um game de tiro baseado em um jogo de mesmo nome para PC e consoles. Apesar do nome idêntico, a versão mobile é uma adaptação que exagera no visual, entregando gráficos muito bonitos.

A jogabilidade segue o estilo de Sniper Fury e outros games de tiro de longa distância para Android. O diferencial é que aqui a sessões de tiro com um M16.

Sim, Sniper: Ghost Warrior virou um jogo casual para celular. As fases são curtas e o desafio bem raso. Os comandos são fáceis de apresentes e literalmente idênticos aos de Sniper Fury   da Gameloft. Seu único diferencial são as fases onde você atira com um rifle de assalto.

Para quem não conhece esse estilo de game, Sniper: Ghost Warrior segue a fórmula de jogos onde você controla apenas a mira. Você não controla o “andar” do personagem. Apenas mire e atire.

O game é dividido em três partes (Sniper, Assault e Story). Cada modo possui fases independentes, mas todos server para ganhar ouro e dinheiro para ser usado na compra de novas armas e balas mais penetrantes.

Sniper: Ghost Warrior não é tão “mecânico” como Sniper Fury e você pode fazer algumas “firulas” como matar dois ou mais inimigos com um único tiro. Porém, o jogo ficou devendo em termos de monetização e exigência de conexão. Não passam nem duas fases que você já é obrigado a ficar repetindo cenário para ganhar dinheiro. Isso é necessário pois já na terceira fase, é preciso fazer upgrade de armas para acessar um novo cenário.

Os gráficos do jogo são um pouco pesados. Sniper: Ghost Warrior exige pelo menos um Moto G5 ou celular com hardware atualidade. Muitos smartphones básicos de 2016 podem aparecer como incompatíveis.