Grand Truck Simulator – 2 anos de vida!

2461

O tão aclamado Grand Truck Simualtor 2, ou para os mais íntimos GTS 2 está chegando. E por isso resolvi criar esta postagem para contar melhor a história do game, e o que esperamos para o novo. O começo dessa história poucos sabem, muito se deve pela “discrição” dos desenvolvedores nas redes sociais, o Pablo por exemplo já não possui redes sociais ativas, e se esquiva o máximo de perguntas excessivas, seus irmãos por serem ainda que conhecidos pela comunidade ainda possuem uma liberdade maior nas redes. O fato é que tentei pegar o máximo de informações possíveis para criar um post completo e verídico, aproveitem.

Lançamento Grand Truck Simulator

Não consegui achar a data correta do lançamento do game, mas o que tudo indica é que tenha sido aproximadamente no dia 11 de outubro de 2015. Com isso hoje o jogo está com uma idade muito avançada, 2 anos e 20 dias, sendo que sua ultima atualização foi no dia 24 de outubro de 2016, com isso a 7 dias atrás o game estava completando 1 ano sem atualizações. Falando um pouco do game no lançamento a empresa já havia entregado um jogo “completo” com muitos caminhões adicionados,eles a Scania R360, Peterbilt 379, Scania R580, Mercedes Actros e Scania 113, sendo que o Volvo VNL foi lançado aproximadamente em dezembro de 2015, pouco tempo depois do lançamento do game na PlayStore.

Grand Truck é marcado pela sua bela física, e por tanto essa parte do game é muito importante para os desenvolvedores. Temos vídeos ainda do jogo em desenvolvimento, completamente diferente do que vimos hoje. Segue o link:

Vídeo 01
Vídeo 02

Nos vídeos percebemos que a ambientação do mapa é o que há de mais diferente, o mar em destaque não está presente na versão final, muito menos tentaram coloca-lo. Talvez a ideia não seria criar um jogo que se passa no Brasil e sim em países como Chile e EUA. Já tocando neste assunto todas as cidades do game são inspiradas em cidades existentes no Brasil. Segue abaixo exemplos:

Auto elétrica, presente na cidade de Rafard do game.

Galpão “comprável” do game na cidade de Rafard.

Monumento da entrada da cidade de Mombuca do game.


Atualização Multiplayer

No dia 4 de março de 2016, foi lançado a atualização do multiplayer, a função era prioridade da equipe pelos recorrentes pedidos dos jogadores pelo novo modo de jogo… O Multiplayer foi um grande sucesso, até por que os jogadores podem criar salas com ou sem senhas diretamente do smartphone sem necessitar de um computador, além disso as salas tinham como limite 6 jogadores por servidor, um numero consideravelmente alto. Dentro do mapa já com o jogo carregado, o jogador tem um chat a sua disposição para que ele possa conversar com os jogadores da mesma sessão. Em outubro de 2016 o jogo recebeu outra atualização também focada somente no multiplayer, e trouxe muitas novidades, uma delas foi a seta de localização de outros players no mini mapa (muito pedido por usuários), a mesma atualização também possibilitou a criação de servidores via PC, através de um software disponibilizado no site da Pulsar Gamesoft. A melhoria em modo geral foi minima, os “legs” continuaram, os caminhões continuam “voando” e etc.

Atualização 1.13

Se você é novo no jogo, ou já joga à algum tempo com certeza já ouviu falar da atualização 1.13, simplesmente foi a atualização que mais mudou a cara do game. Separarei em tópicos a explicação de cada uma das mudanças trazidas em outubro de 2016.

Mapa: Infelizmente o mapa do Grand Truck é minusculo quando comparado com seus concorrentes, uma mudança ainda que banal para alguns ajudou o game a ter uma “Hype” passageira. Basicamente permitiram que os usuários criassem texturas da grama, edifícios e placas do game, e assim trocassem por completo a cara do jogo. Disponibilizaram os templates no canal do YouTube e também no site, e assim surgiram ideias de mapas Brasileiros ou mapas Estrangeiros, como Mapa Brasil total.

Vegetações: Quando questionados pelo mapa sem algum efeito ou agrado, apenas “formas retas”, implantaram ao mapa arvores e flores por todo o mapa, elas possuem física ativa, o caminhão se danifica quando colidem com a mesma.

Skins: Se tem uma coisa que mantem o jogo vivo até hoje são as skins, e por isso, afim de prender ainda mais os jogadores, eles colocaram novas opções de personalização do caminhão, que foi a skin do vidro do caminhão. Que podem ser vistas tanto do interior quando no exterior do caminhão.

Eixo erguível: Essa opção tinha como objetivo trazer um pouco mais de realidade ao game, o eixo quando erguido ajuda no desenvolvimento das marchas do caminhão, deixam-do mais rápido.

O jogo morreu?

Quando me perguntam o que acho do Grand Truck Simulator, só digo uma resposta, incrível. Mas não posso negar que ele não é mais o melhor no mercado, as grandes empresas que produzem jogos de PC, estão agora focando muito na plataforma mobile, um exemplo e a Nintendo com seu Nintendo Switch, Hi-Rez Studios agora com Paladins Strike, entre outras, o problema maior enfrentado pelo game é a concorrência.

Futuras Atualizações?

Sem chance disso vir a acontecer, os desenvolvedores já estão produzindo o sucessor do game. A edição dois, não virá como beta, e sim como um Grand Truck Simulator completo como nunca foi, quando perguntados sobre atualizações a versão 1 do game, ele deixa claro que é tecnicamente impossível, pois a engine que eles utilizam atualizou drasticamente, e como precisavam das novas ferramentas ficaram impossibilitados de “mexer” na primeira versão. Tendo então que criar um game do zero.